“Públicos e audiências do ciberjornalismo” tema do #7COBCIBER

2 03 2020

6cobciber_foto_pj_23_11_2018

“Públicos e audiências do ciberjornalismo” é o tema escolhido para o VII Congresso Internacional de Ciberjornalismo.

O #7COBCIBER vai decorrer em 26 e 27 de novembro na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, imediatamente antes do XIV Congresso da Lusocom – Federação Lusófona de Ciências da Comunicação.

Mais novidades brevemente.





Programa do #ECA2020

4 02 2020

É já no próximo dia 19 que todos os caminhos vão dar à Universidade da Beira Interior, Covilhã, para o 2.º Encontro de Ciberjornalismo Académico. Uma organização ObCiber, Urbi et Orbi e Re/media.Lab.

instagram-2ECA-post-01





#ECA2020 já tem data

8 01 2020

O 2º Encontro de Ciberjornalismo Académico (#ECA2020) está agendado para o dia 19 de Fevereiro, na Universidade da Beira Interior. Esta será uma ocasião para comemorar o 20.º aniversário do Urbi et Orbi, o cibermeio académico há mais tempo em actividade em Portugal.

Os encontros de ciberjornalismo académico são uma iniciativa do ObCiber, que pretende associar-se, anualmente e de forma descentralizada, às comemorações do aniversário de um cibermeio académico. A edição inaugural teve como co-organizador o JornalismoPortoNet, precisamente no dia do seu 15.º aniversário, a 22 de Março.





Público domina Prémios de Ciberjornalismo 2019

28 11 2019
Prémios de Ciberjornalismo 2018

Trabalhos ciberjornalísticos foram reconhecidos por um júri e pelo público

Excelência Geral em Ciberjornalismo, Última Hora, Narrativa Vídeo Digital e Infografia Digital foram as categorias conquistadas pelo Público. Um reconhecimento feito pelo júri e pelo público, o que permitiu ao jornal da Sonae conquistar quatro das seis categorias a que podia concorrer.

Também na categoria Reportagem Multimédia o trabalho vencedor foi consensual entre júri e público, com a escolha a recair no Expresso. Ainda nas categorias destinadas a cibermeios profissionais, Ciberjornalismo de Proximidade distinguiu dois: o Região de Leiria foi a escolha do júri e AltoMinho.TV a do público.

Por fim, na categoria destinada a trabalhos produzidos no âmbito das universidades e politécnicos, Ciberjornalismo Académico, o júri destacou o ComUM e o público o #infomedia.

Excelência Geral
Público (júri e público)

Última Hora
Greve pelo clima: “É uma das manifestações mais bonitas que já vi”, P3/Público (júri e público)

Reportagem Multimédia
O lugar onde nem eu nem tu queremos viver, Expresso (júri e público)

Narrativa Vídeo Digital
Manicómio: ninguém fica de fora, Público (júri e público)

Narrativa Sonora Digital
Aquilo é a Europa, Fumaça (júri)
No país da geringonça, Rádio Renascença (público)

Infografia Digital
Espaço 1969, Público (júri)
Alterações climáticas: o que já mudou e o que está para chegar, Público (público)

Ciberjornalismo de proximidade
Valentyna Bilous: Do sorriso lindo de princesa à força de um golpe no ringue, Região de Leiria (júri)
Os últimos brandeiros de Val de Poldros, AltoMinho.TV (público)

Ciberjornalismo Académico
Entre o éter e o digital, “a rádio é aquilo que somos”, ComUM (júri)
Bairro do Cerco, #infomedia (público)

Os Prémios de Ciberjornalismo são uma iniciativa do ObCiber, que anualmente reconhece o que melhor se faz em Portugal.





Programa das #5JOBCIBER

21 11 2019

Precisamente de hoje a uma semana, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, teremos a quinta edição das Jornadas do ObCiber. Até já 😉
5jobciber





Votação para os Prémios de Ciberjornalismo 2019

18 11 2019

Estão abertas as votações para os Prémios de Ciberjornalismo – uma iniciativa do Observatório do Ciberjornalismo (ObCiber) – que decorrem até 22 de novembro (escolhas do público).

Depois de o júri ter escolhido os trabalhos finalistas e também já os vencedores – anúncio durante as #5JOBCIBER, a 28 de novembro – cabe igualmente ao público reconhecer aqueles que, em cada categoria e na sua opinião, considera como os melhores trabalhos realizados durante o último ano.

Nota ObCiber (19 Nov.): Em virtude de algumas queixas sobre a aparente impossibilidade de votar ou morosidade do processo, solicitamos que façam refresh (F5). Deste modo é possível visualizar o espaço de voto, logo após a lista de nomeados em cada uma das categorias. Pedimos desculpa pelo sucedido, mas é uma situação à qual somos alheios.

1. Excelência Geral em Ciberjornalismo
Público
Observador
Rádio Renascença

2. Última Hora
Greve pelo clima: “É uma das manifestações mais bonitas que já vi” (P3/Público)
Incêndio na Catedral de Notre Dame (Público)
Desastre em Borba (Público)

3. Reportagem Multimédia
O lugar onde nem eu nem tu queremos viver (Expresso – individual)
“Em silêncio” (Observador – individual)
Ouvir a cidade (Público)
Peniche (Público – individual)

4. Narrativa Vídeo Digital
Manicómio: ninguém fica de fora (Público – individual)
“Estou a construir-me outra vez. Já não sou um número” (Público)
Na terra do “ouro branco”, as pedras pregam partidas (Público)

5. Narrativa Sonora Digital
Aquilo é a Europa (Fumaça)
No país da geringonça (Rádio Renascença – individual)
Série “Dá-lhe Gás” (Fumaça)

6. Infografia Digital
Espaço 1969 (Público)
País num contentor de Lixo (Público – individual)
Alterações climáticas: o que já mudou e o que está para chegar (Público – individual)

7. Ciberjornalismo de Proximidade
Valentyna Bilous: Do sorriso lindo de princesa à força de um golpe no ringue (Região de Leiria – individual)
Os últimos brandeiros de Val de Poldros (AltoMinho.TV – individual)
O homem na lua visto há 50 anos da Beira Baixa (Reconquista – individual)

8. Ciberjornalismo Académico
Entre o éter e o digital, “a rádio é aquilo que somos” (ComUM)
Está o desporto adaptado à deficiência? (ComUM)
Bairro do Cerco (#infomedia)





Pilar Sánchez-García nas #5JOBCIBER

31 10 2019

“La esencia formativa del ciberperiodismo frente a la tecnoeuforia: lo que cambia y lo que no” é o tema da conferência de Pilar Sánchez- García, na quinta edição das Jornadas ObCiber (#5JOBCIBER). “Ensino do Ciberjornalismo” será o tema do evento, agendado para 28 de novembro, na Faculdade de Letras da Universidade do Porto.

Pilar Sánchez-García

Pilar é autora do livro “Periodistas (in)formados. Un siglo de enseñanza periodística en España: historia y tendencias” (Universitas, 2017)

Doutora em Jornalismo pela Universidade de Valladolid, é ainda Licenciada em Ciências da Informação pela Universidade Pontifícia de Salamanca. Atualmente é professora da Universidade de Valladolid, onde leciona ciberjornalismo e jornalismo de investigação.

Os atuais interesses de investigação de Pilar Sánchez-García centram-se sobretudo na narrativa multimédia. Participa em projetos nacionais de pesquisa sobre política de entretenimento no futuro e narrativa digital (DIGINATIVEMEDIA – Media Nativos Digitais em Espanha). É ainda vice-presidente do grupo de trabalho temporário Jornalismo e Comunicação Educativa da ECREA (European Communication Research and Education Association).

As #5JOBCIBER são uma organização do Observatório do Ciberjornalismo (ObCiber).